logo mobile

Imprimir

Em reunião do comitê de Saúde, Direção do Sindijus sugere ginástica laboral e debate exame periódico

.

Comite saude 750x510No dia 25 de agosto aconteceu mais uma reunião do Comitê de Atenção à Saúde. O dirigente sindical Raul Laurence, responsável pela pasta de Saúde dos Trabalhadores do Sindijus Sergipe, compareceu representando os servidores efetivos do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJSE). Foram debatidos temas desde pausa durante a jornada, sugerida pelo dirigente, até novo agendamento para o Centro Médico.

A respeito dos agendamentos, à exceção dos atendimentos para a área de Fisioterapia, desde o dia 15 de agosto devem ser feitos pelo link (http://www.tjse.jus.br/agenda/). Outra forma de acessar a plataforma é, também no site no TJSE, seguir o caminho ‘Servidor’ → Centro Médico.

Em seguida foi discutido o projeto Justiça Integrativa, que consiste na disponibilização de sessões da terapia complementar Reiki para servidores e magistrados. Dentro desse tema, o dirigente sindical Raul Laurence sugeriu a implementação de outras iniciativas, a exemplo da volta da ginástica laboral. Para o dirigente, também é importante que a equipe de saúde do tribunal atue no sentido de promover um debate educativo a respeito das pausas necessárias durante o trabalho. Nesse sentido, foi sugerido pela Direção do Sindijus que dentro do próprio sistema utilizado pelo servidor apareça um lembrete para a parada de descanso de 10 minutos.

Sobre a Fisioterapia, foi informado que uma parceria foi realizada com a Universidade Tiradentes e outra semelhante está em andamento com a Faculdade Estácio de Sá. O objetivo é aumentar a força de trabalho na área. Essa necessidade também foi reafirmada pelo dirigente sindical, inclusive para que os atendimentos de ginástica laboral, entre outros, possam ser estendidos aos servidores que atuam nos fóruns do interior. Para detalhar sobre essas demandas, o dirigente fez a sugestão de que na próxima reunião o responsável pela área de Fisioterapia do Centro Médico possa dialogar com o comitê.

 

Exame periódico

O comitê também debateu sobre a necessidade de realização de exames periódicos, propondo a implementação de um cronograma. A sugestão da gestão do tribunal é que o exame possa ser feito na data de aniversário do servidor.

A esse respeito surgiu um impasse sobre a obrigatoriedade de arcar com os custos desse exame, se seria do empregador ou do empregado. Tendo a informação de que os planos de saúde não cobrem periódicos, a gestão do tribunal, representada pela desembargadora Ana Lúcia dos Anjos, encaminhou que a demanda fosse analisada pelo jurídico e, persistindo a dúvida, que seja feita uma consulta do próprio Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

20170825 111611-FOTO-1O dirigente sindical Raul Laurence solicitou que a resposta pudesse ser dada na próxima reunião do comitê e que todos analisassem o texto que se refere à necessidade de se fazer o exame, que consta na Resolução 207 do CNJ.,

 

Plenárias

A Direção do Sindijus também informou ao comitê que nesse momento estão sendo feitas Plenárias de Base com os servidores do interior e da capital e, entre os temas, a preocupação com a saúde tem aparecido, inclusive com solicitação de incluir propostas na pauta de reivindicações da categoria para a campanha salarial. Além disso, a partir dessas demandas, o dirigente pontuou a necessidade de cuidado com as metas do CNJ no que diz respeito à rotina do servidor.

"É importante destacar ainda que existe uma boa receptividade por parte do comitê gestor de saúde em relação às pautas dos servidores e isto é um marco importante na história da luta dos trabalhadores e trabalhadoras do TJSE", afirma o dirigente Raul Laurence.

 

Próxima reunião

O comitê se reunirá novamente na sexta, 29 de setembro, às 10 horas da manhã.