logo mobile

Imprimir

Pleno do TJ aprova projetos dos servidores negociados entre Sindijus e Presidência

.

Alexandre Rollemberg Sindijus TJSE

 

A direção do Sindijus acompanhou a sessão do Pleno da quarta, 19, na qual os desembargadores aprovaram os últimos projetos negociados com a Presidência do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) durante a campanha salarial, que garantem aos servidores a aplicação da revisão inflacionária integral no vencimento base e auxílios e o aumento no adicional de cursos de treinamentos.

Na sessão, os desembargadores votaram três projetos de interesse dos servidores efetivos. A Resolução 4/2020, referente ao reajuste complementar de 0,98% no vencimento base, que completa o reajuste conquistado em dezembro de 3,5% e assim aplica o índice inflacionário total acumulado no ano de 2019, que foi 4,48%. A Portaria GP1 7/2020, que aplica a revisão de 4,48% nos auxílios alimentação e saúde. E a Resolução 5/2020 que dobra os valores dos cursos de treinamento, aumentando de 1% para 2% a cada 120 horas, limitado ao total de 6%.

Conforme pactuado na mesa de negociação, os reajustes no salário base e auxílios serão retroativos a janeiro e o adicional de treinamento a partir de março de 2020.

Mesmo com a votação dos desembargadores sendo no mesmo dia das eleições do Sindijus, parte dos diretores da entidade sindical se desdobraram e acompanharam a discussão no Pleno, onde registraram os anseios dos servidores. O coordenador do Sindijus, Alexandre Rollemberg, solicitou aos desembargadores que aprovassem o conjunto de propostas enviadas pela Presidência e consensuadas com a categoria, em razão de garantirem a manutenção do poder aquisitivo dos trabalhadores, com a revisão do salário base e auxílios, e de valorizar a capacitação através do adicional de treinamento. Projetos que, somados ao aumento no auxílio saúde já aplicado no mês passado, são medidas mínimas, mas necessárias, adotadas pela gestão do Tribunal no sentido de valorizar servidores que fazem o Judiciário considerado o melhor do país.

O envio das propostas ao Pleno havia sido anunciado pelo presidente do TJSE, Osório Ramos Filho, durante a última reunião com os representantes do Sindijus. Depois da sessão, o presidente ratificou a aprovação em uma mensagem enviada a todos os servidores. "As resoluções referentes ao reajuste dos vencimentos e do adicional de qualificação serão encaminhas à Assembleia Legislativa e, assim que forem aprovadas, providenciaremos o pagamento", disse o presidente do TJSE, por e-mail.

Os projetos aprovados pelos desembargadores na sessão plenária são resultado de mais uma etapa da negociação entre o Sindijus e a atual gestão do TJSE. Segundo compromisso firmado com o presidente do TJ, a mesa de negociação continua para discutir os outros pontos da pauta de reivindicações ao longo deste ano.