logo mobile

Imprimir

Reunião entre direção do Sindijus e presidência do Tribunal de Justiça acontece nesta quinta-feira

.


Um importante passo para as negociações salariais entre os servidores efetivos e o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) será dado nesta quinta-feira, 03, quando a direção do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de Sergipe (Sindijus) será recebida em reunião pelo Presidente do Tribunal, desembargador Osório Ramos Filho. 

A reunião acontece às 11h por meio de videoconferência e foi solicitada pela direção do Sindijus com o objetivo de iniciar o processo de diálogo e negociação da pauta salarial dos servidores e servidoras do Judiciário, aprovada em assembleia geral da categoria, no dia 12 de novembro.

A reunião, após diversas negativas da presidência do Tribunal em receber o sindicato, é vista pela direção do Sindijus como um gesto de reabertura do diálogo.

“O desembargador Osório Ramos Filho, cujo mandato à frente da presidência do TJSE chega ao fim em pouco mais de um mês, tem a chance de encerrar sua gestão acatando a pauta proposta pelos servidores efetivos e valorizando a categoria, que contribui para que o Judiciário sergipano seja considerado o melhor do Brasil’, avalia o coordenador do Sindijus, Alexandre Rollemberg.

Pauta dos servidores efetivos

Encaminhada via ofício à presidência do TJSE no último dia 18 de novembro, a pauta da categoria inclui a reivindicação da reposição inflacionária de 2020 somada à perda histórica da inflação acumulada nos anos de 2015, 2016 e 2018, totalizando um percentual de 12,44% no vencimento base dos servidores efetivos, da ativa e aposentados.

Entre as reivindicações, constam ainda o reajuste dos auxílios saúde, alimentação e transporte, além do aumento da Gratificação de Estímulo à Interiorização.

O ofício enviado à presidência do TJSE solicita também que o órgão providencie estudos de impactos financeiros das reivindicações de efeitos remuneratórios.