Imprimir

Sindijus solicita que TJSE esclareça quais informações falsas foram publicadas

.

 

Após denúncia feita pelo Sindijus em diversos meios de comunicação de que alguns magistrados do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) recebem o equivalente ao prêmio do programa Big Brother Brasil em 2 anos, enquanto servidores amargam redução salarial, o Tribunal divulgou uma nota à imprensa em que acusou o Sindijus de publicar "Fake News”, sem apontar qual informação inverídica foi publicada.

Diante da grave acusação, a direção do sindicato encaminhou um ofício ao presidente do tribunal, desembargador Edson Ulisses de Melo, solicitando que a gestão preste explicações e esclareça quais são as informações falsas que foram divulgadas pela entidade sindical.

O Sindijus não tem medo da verdade. É uma entidade que representa 2.500 servidores que trabalham todos os dias para fazer justiça à sociedade e entende que noticias falsas devem ser combatidas, pois destróem democracias e vidas. Do mesmo modo, não vai permitir o uso indevido do termo "fake news" para acusar falsamente manifestações divergentes, camuflando ameaças à liberdade de imprensa e à organização sindical.

Leia o ofício na íntegra CLIQUE AQUI